David Nigri e Maria de Fátima Caldas Guimarães salvam imóvel de ação revocatória